Acessibilidade e inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais

Acessibilidade e inclusão de pessoas portadoras de necessidades especiais

Lembramos, no último dia 03 de dezembro, o dia internacional das pessoas portadoras de deficiência. Mas, em nosso entender, a respectiva data é importante para conscientizar a população da necessidade de políticas públicas que tragam inclusão e acessibilidade aos portadores de deficiência, mas não pode ser a única data para tratarmos do assunto, por isso, resolvemos tratar exatamente 6 dias depois da referida data, demonstrando a necessidade de uma análise continua do tema.

As pessoas que necessitam de cuidados especiais, considerando serem portadoras de deficiência, por muitos anos viveram a margem da sociedade. Porém, através da constante conscientização populacional, caminhamos para a cada vez maior inclusão social dessas pessoas que de nada diferenciam de qualquer outra, apenas necessitam de políticas equitativas que garantam o respeito a sua dignidade como seres humanos que são.

Grande passo nesse caminho foi dado após a promulgação da Constituição Federal de 1988, onde em seu art. 7º, inciso 31, deixou claro a “proibição de qualquer discriminação no tocante a salário ou critério de admissão do trabalhador portador de deficiência”, trazendo importante avanço no caminho inclusivo dessa parte da população. O Brasil ainda criou Leis que estabelecem porcentagem mínima de pessoas portadoras de deficiência que as empresas devem contratar, assim como vagas destinadas em colégios, faculdades e serviços públicos, parra essa parte integrante da sociedade.

 Os esforços, para que cada vez existam mais políticas públicas e privadas que garantam equidade para as pessoas portadoras de necessidades especiais, devem ser sempre contínuos e é dever de todos nós, como sociedade, auxiliarmos e cobrarmos.

 Hoje, graças ao desenvolvimento da tecnologia, pessoas com necessidades especiais podem utilizar aplicativos como o Portal Resolve – Expert Live, para OBTER e PRESTAR serviços Médicos, fonoaudiólogos, psicológicos, advocatícios, nutricionais, religiosos, além de inúmeros outros que lá estão disponíveis, sendo importante ferramenta de inclusão para todos, INVARIAVELMENTE.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *