Home Office, uma nova realidade previsível

Com o advindo da pandemia de corona vírus, lembramos de uma máxima do mundo empresarial: “A crise traz progresso”. Essa sentença se mostra verdadeira a partir do momento que se analisa de forma empírica alguns costumes e processos que foram encurtados em decorrência da crise causada pela pandemia.

Um grande exemplo desse encurtamento do processo é a migração de um serviço físico para uma prestação de serviço de forma remota, através de ferramentas digitais que se mostraram extremamente necessárias para a continuidade laborativa, agora em home office.

A migração do físico para o digital já vinha ocorrendo paliativamente em algumas áreas, porém, após o afastamento imposto pela pandemia, trazendo assim grande crise para áreas que não estavam preparadas para tal transladação, houve o encurtamento desse progresso que poderia levar até 30 anos e em vários casos as pessoas tiveram que se adaptar em menos de 30 dias.

Com essa nova realidade surgiram inúmeras duvidas, receios e discussões, ficando claro que apenas após uma ampla análise multidisciplinar é que poderemos chegar a um denominador comum. O fato é que todos precisam se adaptar a essa nova realidade, não podendo, porém, perder a proximidade do tratamento só porque a relação ficou geograficamente mais distante.

Uma das grandes áreas de atuação que tiveram aumentos substancial em sua abrangência eram os profissionais que já estavam preparados para dispor de serviços online, que já estavam adaptadas no novo modelo de prestação de serviços. Esses profissionais saíram na frente e tiveram crescimento considerável em meio a um ambiente em que todos estavam se adaptando, haja vista, conforme falamos acima, que a crise traz progresso, encurta processos e modifica realidades.

Uma análise necessária é através do prisma jurídico e principalmente jurídico trabalhista, haja vista que ao tirar o colaborador de uma empresa, parceiro de negócio ou prestador de serviço da esfera de vigilância dos empresários, parceiros, etc.., surgiu-se um verdadeiro pânico com as relações trabalhistas e comerciais, um campo para muitos totalmente obscuro e tomado pelo risco, trazendo grande instabilidade gerencial e prestacional. Contudo, após o primeiro impacto, começou-se a aferir melhor o que era risco e o que era receio infundado, buscando-se consolidação da relação de acordo com a nova realidade imposta. Riscos como: Acidente de trabalho em home office; horas extras; produtividade pífia; doenças psicológicas causadas pelo isolamento; síndrome de burnout, etc…, são exemplos de riscos.

Toda via, surgiu um mundo novo de maior produtividade causada pelo sentimento de conforto do lar, melhor conduta laboral pela diminuição da exaustão diária causada pelo trânsito e outras mazelas das grandes cidades, além de inúmeros outros benefícios.

Surgiram também novas ferramentas que auxiliam o prestador, empresas e clientes que adquirem ou fornecessem serviços de forma totalmente on-line e na hora que quiserem, um dos grandes exemplos desse novo mundo é a ferramenta Portal Resolve – Expert Live, que intermedia de forma simples, segura e eficaz a aquisição e prestação de serviços em inúmeras áreas de atuação, retirando o risco da relação, trazendo mobilidade e agilidade para essa nova forma de interagir profissionalmente. É a obtenção de qualquer serviço no local e na hora que quiserem em apenas três clicks.   

Após esse breve relato, o que se analisa é que o mundo novo que nos foi imposto era apenas um evento futuro que foi adiantado pela nova realidade advinda da pandemia da corona vírus e devemos aproveitar tudo que esse novo normal pode nos oferecer.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *